Seja Bem-Vindo!

 

 

mensagem

NÃO DEIXE SUA VIDA TERMINAR SEM APLAUSOS

Por: Jaime Folle

 

Para ser feliz faça valer a alegria de viver, mesmo diante das grandes dificuldades que as vezes o mundo nos impõe. Se ficar triste não se desligue do mundo, pois ele está ai para se viver e não tenha medo e nem vergonha de fazer tudo aquilo que entendes ser bom, para terminar sua vida com muita alegria e muitos aplausos.

Procure sempre fazer aquilo que lhe dá mais prazer, mesmo isso não sendo possível, procure orientar-se para fazer bem, mesmo aquilo que não lhe agrada, se alguém lhe magoar, não lhe devolva a violência, pois quem mais sofre é quem agride e não o agredido.

Caso esteja triste por motivos que você não consegue compreender, em função da idade ou para quem ainda é jovem, deixe de lado a tristeza e cante a alegria, mesmo que seja com dificuldade, pois o nosso cérebro, precisa se alimentar todos os dias com o consciente do amor, da alegria e não do ciúme, ódio ou outros males. Somos aquilo que pensamos ser.

Não critique, nem amaldiçoe os outros, são males que reverterão em volume maior um pouco a frente, contra você. Troque a crítica pelo elogio, troque a inveja e o ciúme pelo amor, assim você vai ter muitos aplausos inconscientes a seu favor.

Dizem que o prestigio e o amor que os outros tem conosco, é no dia da morte, se o velório tiver pouca gente, esta pessoa não foi merecedora dos aplausos, porque não soube fazer bem seu teatro da vida. Porém se o tetro foi ensaiado ao longo dos anos, com qualidade e amor, o velório estará pleno, cheio de gente querendo lhe prestar os últimos aplausos, assim vale a pena morrer. Como diria Charles Chaplin: “O homem não morre quando deixa de viver, e sim, quando deixa de amar”.

Vá logo a luta com determinação para abraçar a vida e viver com intensidade e amor. Perder com classe e vencer com ousadia, pois o triunfo pertence a quem mais se atreve na vida. Eu faço e abuso da felicidade e não desisto dos meus sonhos. “O mundo está nas mãos daqueles que tem coragem de sonhar e correr o risco de viver seus sonhos intensamente para não deixar a sua vida terminar sem aplausos.”

Até a próxima.