Seja Bem-Vindo!

 

 

mensagem

 

VISÃO DO MUNDO

Por:  Jaime Folle

 

            “Não vemos o mundo como ele é, mas como nós somos.” James C. Hunter.

             O mundo parece muito diferente, dependendo da nossa perspectiva e da visão que fazemos do interior de nós mesmos. As transformações acontecem na medida em que começamos a visualizar mudanças próximas iniciando conosco, e depois expandindo aos outros, assim, o mundo vai parecer diferente de acordo com o nosso estado de espírito ou de como nos comportamos. Parece ser diferente dependendo da situação em que somos inseridos nele, se somos ricos ou pobres, doentes ou saudáveis, jovens ou velhos, negros ou brancos, alegres ou tristes.

            Alguns falam que não conseguem ver este mundo de forma otimista, maravilhosa, boa de viver e então inventam desculpas para justificar sua tristeza encontrando alguns culpados de plantão. Para isso, esquecem que os únicos culpados são eles mesmos. Com certeza, pessoas assim estão passando por amargos problemas que podem ser de ordem conjuntural, de momento, ou estrutural, que vêm de longa data. Como não estão bem consigo mesmas, não conseguem ver uma boa imagem á sua frente. E no ambiente por onde andarem, também só vão enxergar defeitos e problemas. A diferença entre uma coisa e outra, é a maneira de como olhá-la.

            A sugestão que pode ajudar, e muito, é parar por alguns instantes, nada mais que quinze minutos por dia, e fazer um planejamento positivo para este dia. Separe este tempo para olhar positivamente à sua volta. O dia é muito curto para você ser egoísta e não perceber que “O mundo se abre e dá passagem para a forma que queremos vê-lo”, pois neste dia, com certeza, quem ama, mesmo que sofra, é mais feliz. E quem não ama não merece o amor do mundo.

            Ame sempre, mesmo não sendo correspondido, assim seu mundo vai ficar diferente. Com isso, quanto mais beleza você perceber nas coisas ao seu redor, mais feliz você será.

                O caminho para a solução de grandes ou pequenos problemas começa com cada um fazendo a sua parte. Ou, como resumiu Gandhi, “Devemos ser a mudança que queremos ver no mundo”.

Até a próxima!