Coluna – CADÊ A GARRA DOS JOVENS?


 

“Quando um jovem se levanta a cidade treme”.
A frase acima, ouvi nos idos dos anos sessenta. Como gostaria de ouvi-la novamente hoje!
O que está acontecendo com os nossos jovens? Cadê a garra? Cadê a vontade de lutar pelos ideais? Cadê as manchetes nos jornais dos jovens lutando por causas justas? Os espaços dos jornais falam mais de políticos corruptos do que de ações populares dos jovens para mudar o sistema corrupto que se instalou neste país.
Certa ocasião, um padre me falou que não deveríamos dar muito poder aos jovens, pois estaríamos instalando uma ditadura, na certa. O padre estava certo! Porém, o que muitos adultos esquecem é que a garra, a fibra, a vontade do jovem não pode também ser esquecida, pois aí está a energia de luta, a fibra para mudar paradigmas. Mas a preocupação do padre ainda datava os anos sessenta e oitenta, também o período das caras pintadas na luta para a democracia voltar a este país. Quem não lembra destes momentos sem luta armada, sem violência, somente com a fibra dos jovens? Foram anos de luta e garra da juventude.
E hoje? Onde estão os mais de oitenta milhões de jovens brasileiros? Cadê o jovem lutador? Cadê o jovem político? É só olhar na política que vamos encontrar verdadeiros museus instalados, agarrados ao poder como carrapatos no couro das vacas. Olha o exemplo do Sarney querendo voltar e o Itamar Franco quer ser novamente candidato e outros mais por aí.
Queridos jovens! Não escrevi este comentário para agredi-los e não quis generalizar, encenando movimentos revolucionários, longe disso. Apenas escrevi para uma reflexão do que está acontecendo com o jovem lutador de hoje.
Um abraço e até a próxima.

Deixe um comentário